PALAVRAS DO CORAÇÃO





Escrito por Magnus Quandt às 18h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


♪ Músicas online grátis! Acesse: www.powermusics.com



Escrito por Magnus Quandt às 18h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Vidas Passadas

 


Vidas Passadas
 
Vida que me leva por esta estrada
Em caminhos que não sei dizer
Não se vive por nada
Há de não ser por nada que encontrei você.
 
Vida nesta estrada
Que talvez invada
Outros tempos
Outras jornadas
Em vida presente,
Vidas passadas.
 
Indulgente seria Deus
A permitir que os erros meus
Sejam somente passos e pedras
Numa jornada do ser
Que vai muito além do que podemos ver?
 
Caminho de um tempo infinito
E a alma em sua eternidade
No efêmero corpo que habito
Nossa vida sempre reeditada
Em nova tonalidade
 
Então, se for assim
O que trago em mim
Será mesmo meu?
O que se perdeu,
O que fiz no passado
O que foi deixado
A quem foi amado
Quem me amou
Tudo o que se fez
E o que não se fez
Será vivido outra vez?
 
Nestes caminhos da incerteza,
Se assim for este viver
De tudo que pode a morte interromper
O único desejo meu
Que este encontro entre você e eu
Fosse infinito como infinita
Haverá de ser esta alma que me habita.
 
Magnus 26/09/2011

 



Escrito por Magnus Quandt às 13h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]





Escrito por Magnus Quandt às 12h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Impermanente

Impermanente
(poema inspirado numa palavra de Cissa Guimarães sobre seu filho)
 
Você é um presente "impresente"
Foi-se pelo tempo impertinente
E lá ficou, onde mora a saudade
 
O adeus é a presença impermanente
Que transforma o que era eternamente
Em lembranças cada vez mais presentes.
 
Permanente só a saudade presente.
Todo o resto é impermanente.
 
Magnus 26/09/2011


Escrito por Magnus Quandt às 11h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Impermanente (reflexão)
 
Tudo na vida é Impermanente,
Os sorrisos e o sofrimento,
Então porque temer que os tempos bons acabem?
Eles vão acabar um dia, vivendo-os ou não.
Então porque se desesperar nos momentos de dor?
Eles vão acabar um dia, também.
Resta-nos apenas seguir e viver, cumprindo nossa passagem não menos "impermanente".
 
Magnus 26/09/2011


Escrito por Magnus Quandt às 11h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Olhar de Adeus

Olhar de Adeus
 
Um dia era de adeus o teu olhar (plagiando)
E o meu olhar era de chorar ...
 
O adeus tornou-se esquecimento
E a lágrima secou com o tempo  ...
 
 
Hoje:
O teu olhar é indiferente
O meu? Não mais vê
O que via em você.
 
É verdade: o tempo cura a gente
E o que era impossível
É possível total e completamente.
 
Magnus 26/09/2011


Escrito por Magnus Quandt às 10h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


CURADO

CURADO

Descobri que estava curado
Quando vi meu coração
Limpo e arrumado
Pronto e liberado
Para estar apaixonado.
...
Foi assim: o tempo passou
O dia clareou
E quando vi, tudo o que fui já não sou
Senti aquela sede no ar
Hormônios a borbulhar
Adolescência em mim.
Então foi assim, exatamente assim
Me olhei e me vi
Curado do amor que .... sofri?
Amei? Chorei?
Nem lembro mais,
Não, eu não sei
...
Tudo passou ...
...
Hoje neste delicioso vazio de faxina
Sem amor, sem mágoa, sem dor,
Tudo limpo cheirando a flor,
Sei que o amor
Está por vir
Espreitando, rondando por aí
E qualquer dia vai bater aqui
Invadir,
Fazer de meu coração
Novamente, outra vez
Sua casa? "flat"? Pensão, talvez?


Magnus 26/09/2011



Escrito por Magnus Quandt às 00h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


CICLO

CICLO
 
Dia, noite
Ilusão, desilusão
Paixão, vazio
Alegria, tristeza
Luz, escuridão
Ciclos do viver
Noite, dia
Desilusão, ilusão
Vazio, paixão
Tristeza, alegria
Escuridão, luz.
Ciclos de viver.
 
Engraçado
Há sempre outro lado
Como lua e maré.
Ontem ainda, paixão
Hoje meu coração
Não sabe o que é.
 
Quem está aportado
Não vive outro lado,
Na segurança do porto
Desconhece a emoção
De navegar pelos mares da paixão.
 
Magnus 19/09/2011



Escrito por Magnus Quandt às 11h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Me Iludir

Me Iludir
 
Não estrague meu "barato"
Deixe eu me iludir, sonhar
Pensar que posso te querer
Me deixa navegar neste mar
Curtir você
Sem me preocupar
Se "viajo na maionese"
Se és fruta proibida
Me deixa curtir as ilusões desta vida
Porque amanhã vou acordar
E tudo vai seguir, continuar
Com sempre foi.
 
Permita-se sonhar também
Viver esta paixão
Ela é apenas um trem
Parado na estação
Que logo vai partir
Permita se iludir
Um pouco, só um pouquinho
Viva este carinho
Siga este caminho
Como um segredo
De nós dois
Amanhã (lembra?) é depois
E pode nunca chegar.
Não há pecado em sonhar
Estes sonhos do coração
Então deixe-me sonhar
(sozinho ou não)
Esta paixão.
 
Magnus 18/09/2011


Escrito por Magnus Quandt às 11h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


O Melhor de Mim
 
Sou um baú de sentimentos
Uma mochila de histórias
Um mar de pensamentos
Trago tantas coisas,
Tanto que já vivi
Tantas outras que hão de vir
 
Mas aquela melhor parte de mim
A essência incorruptível do meu ser
Está guardada para você
 
Sou o que como
Sou o que aprendi
Sou um pouco de todos que conheci
Mas continuo sendo eu
Mesmo que a cada dia deste meu viver 
Eu seja um pouco mais você
 
Magnus 18/09/2011


Escrito por Magnus Quandt às 11h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Amor (mais uma vez)

Amor (mais uma vez)
 
Amor, amor amor!!!
Um homem, uma mulher
Num mesmo tempo
Numa estrada que se encontra
Num viver sem receita
Sem saber o amanhã
 
Amor, amor, amor!!!!
Um sonho que se renova toda manhã
Um momento de euforia
Outro de lágrimas
Um dia após outro dia
Seguindo numa eterna e deliciosa rotina.
 
Amor, amor, amor!!!
Um motivo maravilhoso para estar vivo.
 
Magnus 18/09/2011


Escrito por Magnus Quandt às 11h05
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


OUTRA VEZ

 


OUTRA VEZ
 
Parece loucura
Daquelas sem cura
Dos doidos de paixão
Acontece sem planejar
E em apenas um olhar
Estou na escravidão
Dos sonhos que nem sabia
Dos desejos que nem podia
Novamente conceber
Estar, querer, viver.
 
Magnus 17/09/2011

 



Escrito por Magnus Quandt às 19h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


AGONIA

 


Agonia
 
Passei o dia
Numa agonia
Daquelas,  gostosa de sentir
Foi, talvez
Porque toda vez
Que me via pensando, era em ti.
 
Magnus 17/09/2011

 



Escrito por Magnus Quandt às 19h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Encantar

 

Encantar

Você sabe o que é encantar?
É criar em alguém um desejo de olhar
E não conseguir parar
E querer estar no mesmo lugar
Apenas por estar
E se interessar pelo que tem a falar
E pelo silêncio profundo do olhar.
Hoje, posso dizer
Que encantar é tudo que vem de você.

 Magnus  15/09/2011



Escrito por Magnus Quandt às 23h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu humor



Histórico


    Votação
    Dê uma nota para
    meu blog



    Outros sites
     DIRIGIVEL SHOP
     Comunidade poemas Magnus
     Amogaure - Nossa Equipe de Aventuras
     Fotos de Nossas Aventuras
     Palvras da Alma - restrito